segunda-feira, 16 de julho de 2012

A SAÍDA É O EU SUPERIOR DOMINAR O MEDO E A DÚVIDA PROVOCADOS PELA MENTE

Há vários textos sobre esse assunto. No livro de Castañeda, O Lado Ativo do Infinito, o índio Dom Juan fala muito sobre a mente, explicando que nossa mente é um implante alienígena que faz com que os homens ajam como idiotas e que todo o segredo da encarnação, o propósito maior, o aprendizado que devemos atingir na encarnação é dominar nossa mente racional. Como um implante alienígena, a mente é que provoca dúvidas, medos e conflitos.

Abaixo o livro do Castañeda:
Ainda não terminei de ler esse livro, mas Dom Juan dá muitas explicações ao londo de seus livros sobre o assunto. De outro lado, terminei de ler, há poucos dias, O Guia da Floresta, de Alex Polari, sobre o Padrinho Sebastião, mestre da Ayhuasca. E numa passagem ele fala que Cristo foi crucificado ao lado de dois ladrões, que eles simbolizam o Medo e a Dúvida, que tentam nos roubar a consciência do Eu Superior a todo instante. Gostei desse ensinamento dele, reflete bem a questão de como conseguir “dominar” nossa mente e colocá-la a nosso serviço e não o contrário, não deixar a mente no controle.
Padrinho Sebastião do Daime

Capa do Livro O Guia da Floresta
Meu professor Rubens de Queiroz, com quem fiz vários cursos de PNL e aconselhamentos pessoais, me explicou que a mente tem sua finalidade, é uma ferramenta.

Hoje cheguei à conclusão que estes tempos que estamos vivendo, o final dos Tempos, o Apocalipse, é uma gigantesca prova, pela qual todos nós estamos passando, sem exceção. E a maior prova de todas é conseguir “despertar” do transe da ilusão da matéria (que não deixa de ser uma espécie de transe hipnótico) e conseguir dar vazão a nosso Eu Superior. E a maior prova, pelo que percebo, resume-se a uma só: dominar nossa mente, que é para ser um servo e não o mestre. A mente é uma máquina, um computadorzinho, e, como tal, ela tem dúvidas, medos, conflitos. E quando não estamos bem firmes em nosso Eu Superior deixamos que esses conflitos nos dominem, ao invés de dominarmos a eles.
Dou um exemplo simples. Você está na rua e vem chegando um conhecido e você “sente”, tem aquela intuição (que é o Eu Superior dando orientações) – “sai rápido daqui”. Aí, vem nossa mente, e duvida, criando conflito: “ah, mas por que eu vou sair? ai, o cara vai achar que sou mal educada, ele não está fazendo nada, que bobagem da minha cabeça isso, vou sair nada”. E não sai. Aí o cara chega e te dá uma porrada na cara! Briga com você, por um engano qualquer e quebra o seu nariz!  Aí, lógico, logo depois você lembra de sua percepção inicial de cair fora e pensa “ai, porque eu não ouvi minha intuição!”. Bem, este é um exemplo para ilustrar como todos nós temos essa ligação com o Eu Superior e não é algo tremendamente difícil ou piramidal, está acessível a todos. E a prova também é a mesma para todos.
E, o que minha percepção que diz deste final de tempo, de tudo o que anda rolando por aí, verdades e mentiras, conspirações, dúvidas, tudo isso destina-se, exatamente, às idiotas de nossas mentes…hehe. Porque ela é que duvida, tem medo, cria conflito. E se não formos mestres de nossas mentes, aprendendo a ouvir nosso Eu Superior, sucumbimos nas provas que estão colocadas no palco do mundo. A saída, para passar por essas provas todas, é ouvir nosso Eu Superior e assumir o controle da mente, colocando-a a nosso serviço. Por que? Porque o Eu Superior não tem “dúvidas, conflitos ou medos”, ele tem apenas “certezas”. E com a certeza, a fé em si e no Divino, confiando nas orientações do Eu Superior, nessa conexão direta com o Divino, temos todas as respostas, o tempo todo.
No exemplinho que eu dei, percebam que o Eu Superior ali não teve qualquer dúvida, a orientação foi bem clara – sai daqui, a mente é que duvidou… Assim, com o Eu Superior no comando, conseguimos fazer as escolhas certas, tomar as atitudes certas, não fazemos mal a ninguém, porque o Eu Superior é conectado com o divino, que é amor, e não tem erro aí! É o melhor abrigo do mundo, melhor do que qualquer bunker, tenham certeza, é o abrigo do Divino dentro de nós!
É isso…hehe
abraços a todos
Iara De Lorenzo

Um comentário:

  1. Adorei seu texto, Iara. Obrigada por postá-lo para outros.

    ResponderExcluir